«Escrever não é agradável. É um trabalho duro e sofre-se muito. Por momentos, sentimo-nos incapazes: a sensação de fracasso é enorme e isso significa que não há sentimento de satisfação ou de triunfo. Porém, o problema é pior se não escrever: sinto-me perdido. Se não escrever, sinto que a minha vida carece de sentido.»
de Paul Auster
"Saber que será má uma obra que se não fará nunca. Pior, porém, será a que nunca se fizer. Aquela que se faz, ao menos, fica feita. Será pobre mas existe, como a planta mesquinha no vaso único da minha vizinha aleijada. […] O que escrevo, e que reconheço mau, pode também dar uns momentos de distracção de pior a um ou outro espírito magoado ou triste. Tanto me basta, ou não me basta, mas serve de alguma maneira, e assim é toda a vida."
de Bernardo Soares

sábado, 17 de abril de 2010

Corte no papel

Hoje,
Nem palavra disse.
Bastou-me o murmúrio das nuvens,
No beijo da chuva.
Não se abriram os lábios,
Que o fio de sangue ainda escorre.

Quedos os braços, não há sonho agarrar.


Fotografia de Pedro Polónio, http://club-silencio.blogspot.com/

6 comentários:

  1. não precisas de o sonho querer agarrar... ele tem-te sentada na cadeira onde estende as pernas nos dias em que parece que a morrinha o entorpece e lhe devora o sangue... ele tem-te ali, bem diante de si. e quando a chuva parar, erguer-se-á, levantando-te nos seus braços viris que vulgarizam a maior das procelas...
    Beijinho, doce Amiga!

    ResponderEliminar
  2. Nem todos os dias são iguais, nem podem,nem devem...a rotina mina tudo.
    se hoje o dia foi assim, chuvoso e mudo, solidário na tua mudez, tiveste as nuvens e ao beijo da chuva.amanhã tens o sol e sonho, de certezinha, a bater-te à janela. acredita em mim que sou a mensageira deste recado.
    beijo soprado para chegar depressa e leve.

    ResponderEliminar
  3. Em@, eu sei que existe amanhã e o depois.
    A foto não é minha é do Pedro Polónio, podes visitar o seu site e descobrir que esta não é a sua única boa foto!
    Beijos
    Laura

    ResponderEliminar
  4. Em@: obrigado! =:-)

    Laura: obrigado por usares uma foto minha neste teu belo poema. beijos

    ResponderEliminar